O fim de um tipo de livraria

Pesquisando textos sobre o fim da Livraria Leonardo da Vinci¹, encontrei uma constante referência aos famosos livros de colorir e/ou de autoajuda.  A opinião geral parece acreditar que o fim das livrarias no Rio de Janeiro se dá em função da má formação literária do público que investe em livros “fáceis” e desconhece a verdadeira … Ler mais

Os universos do projeto gráfico e da diagramação em tempos digitais

Nós, profissionais da área, enfrentamos uma mudança de paradigma no mercado editorial: é possível adaptar-se à chegada dos e-books, ou será preciso se reinventar, renascer das cinzas? A pergunta envolve muitos detalhes de eras totalmente diferentes. Na época em que só contávamos com os livros impressos, pensar o projeto e a diagramação era tarefa que … Ler mais

Ser digital, 100%

Sempre fui um viciado em tecnologia, daqueles que fica esperando uma novidade pra pesquisar, descobrir, usar. Por este motivo o tal do livro digital sempre esteve no meu radar. Mas até 2013 era só mais uma novidade da tecnologia. Minha relação com os livros é um pouco mais velha. No dia em que minha mãe … Ler mais

Uma estratégia para a todos governar

No ano passado, na Bienal de SP, a Amazon marcou presença com sua estreia na comercialização de livros impressos. Este ano (apesar de ser impossível achar a programação no site da Bienal), a gigante do varejo traz no seu estande eventos como sessão de autógrafos e, o que acredito que seja sua grande aposta, a … Ler mais

Booktrap: e-book não é menos livro por ser digital

Outro dia, conversava com uma colega de trabalho e ela me perguntou se eu conhecia uma start-up chamada Booktrack, que desenvolveu um app multiplataforma de leitura de e-books enriquecidos com trilhas sonoras. Eu respondi que sim, que achava que funcionava especialmente para livros de suspenses e que, por alguma razão misteriosa, eu sempre chamava a … Ler mais

A experiência de leitura da Pelican Books

Em maio de 2014, a Penguin Random House relançou o seu antigo selo Pelican, que em 1987 havia interrompido suas publicações após 47 anos de existência. Tal acontecimento – o surgimento de um novo selo ou coleção – é relativamente corriqueiro no mercado editorial e poderia passar despercebido até mesmo para as pessoas que trabalham … Ler mais

Qual é o valor do e-book?

Eu sei, eu sei, não é a primeira vez que falamos de preço por aqui, mas é difícil não remeter a este assunto quando estamos falando de e-books. Mas agora, por mais que a questão perpasse o problema de precificação, a bola da vez é como o preço pode interferir na percepção de valor do … Ler mais