Uma experiência digital

Desde que comecei a editar livros, há quase 4 anos, sempre tive o interesse e a vontade de fazê-los de maneira impressa e digital. Mas o livro digital, ainda hoje, é mal visto. Em grande parte, principalmente, pelos próprios autores, que continuam a enxergá-lo como algo “inferior” ao livro impresso. Em 2014, quando comecei a … Ler mais

Autopublicação e marketing redefinem nossa relação com os livros

Imagem de Divulgação

Fabrício Carpinejar está lançando um novo livro de poemas. A obra não passou por revisão, edição, ou tratamento digital. É totalmente datilografada e inclui até os rabiscos e rasuras do autor. O escritor gaúcho ganhou de presente, em seu aniversário, uma máquina de escrever Olivetti. Desde então, passou a escrever poemas de amor na dita … Ler mais

Omnichannel, Internet das Coisas e livrarias sci-fi

-Omnichannel- is a buzzword that describes a survival strategy.

Vou ser bem sincera, nas primeiras vezes que escutei o termo omnichannel não compreendi muito bem a diferença dele para o que já chamavam de multichannel ou até cross channel. Fiquei um tempo fazendo pesquisas do termo e diferentes cases para compreender melhor, e a conclusão a que cheguei foi de que o termo é … Ler mais

Pergunte ao freela: como manter a sanidade

Depois da minha estreia aqui no Colofão, recebi alguns e-mails de pessoas com mais dúvidas do que as cobertas no meu rápido FAQ inicial. Acabei pedindo ainda mais perguntas pelas redes sociais, interessada em saber as dificuldades e questões que meus colegas de autonomia enfrentam e em ajudar com o que eu pudesse. Uma amiga, … Ler mais

Perfis de usuários e escolhas de padrões

Uma pergunta que muito frequentemente me fazem quando começam a se interessar por livros digitais é: qual e-reader você me recomenda? O que as pessoas costumam achar curioso é que eu não tenho uma resposta padrão, eu geralmente faço uma série de perguntas a respeito dos hábitos e preferências tecnológicas da pessoa, assim como da … Ler mais

Autopublicação digital: onde mais histórias são possíveis

Uma vez me perguntaram de onde tiro coragem para publicar as coisas que escrevo. E acho que nunca pensei em publicar em termos de “coragem”. Respondi que coragem eu preciso para sair de casa; para escrever e publicar em tempos de internet, não preciso nem de motivo. Os recursos para se publicar estão aí, à … Ler mais

Por que brasileiro não lê e-book?

(ou “Uma humilde resposta sem banda tocando ao fundo à pergunta da Cindy”*) Já ouvi essa pergunta um milhão de vezes. Dentro da faculdade, dentro das empresas e vinda de amigos que investem no digital. E já ouvi meia dúzia de respostas, umas muito boas, outras nem tanto, mas com certeza me ajudaram a formar … Ler mais