“O que fazer, então?”, indagou o editor

Ok, acho que já deixei bem claro que o editorial precisa se envolver com o setor de e-books. Agora vamos começar a pensar em como você pode mudar a sua rotina para inserir os livros eletrônicos nela. ATENÇÃO! Este post está sob a perspectiva de uma pessoa que trabalha sobretudo com livros de literatura de … Ler mais

Dicas de preparação de e-books para Amazon

No processo de produção de livros digitais, como já mencionado anteriormente, nem sempre a mesma linha de código terá uma mesma visualização nos diferentes aplicativos e dispositivos de leitura. No caso da Amazon, no entanto, não estamos lidando só com uma questão de renderização diferente dos códigos: se trata de outro formato de livro digital … Ler mais

Variações

Testar seus e-books em diferentes plataformas não é apenas mais uma etapa da produção: é um exercício de descoberta. Como já falamos mais de uma vez por aqui, não existe uma visualização única para um livro digital, pois os aplicativos e aparelhos influenciam, em maior ou menor grau, a maneira como o arquivo é renderizado. … Ler mais

Entrevista com Jason Merkoski

Estamos às vésperas do 5º Congresso Internacional CBL e uma de suas palestras mais esperadas é a de Jason Merkoski, autor de Burning The Page e o primeiro technology evangelist da Amazon. Nosso contato com o autor iniciou-se à época do lançamento de seu livro. Gentilmente, Jason nos respondeu a algumas perguntas que publicamos aqui … Ler mais

FlightDeck

Algumas semanas atrás, o site ePubSecrets publicou um artigo sobre uma nova ferramenta (online) – ainda em versão beta -, criada em parceria com o eBook Architects, para auxiliar na validação e edição de metadados de livros digitais, o FlightDeck. A ferramenta, de qualquer forma, não se limita a isso. Por exemplo, além do FAQ, … Ler mais

A revisão do livro digital

Uma das etapas da produção do livro digital que suscita mais dúvidas e comentários na rotina da editora é a da revisão do e-book. Afinal, se o livro antes de ser impresso passa por algumas revisões e por diferentes tipos de preparação, qual o objetivo e, principalmente, qual o resultado da revisão do livro digital? … Ler mais

Nuke – ou: fazer livros não é como fazer sabonetes

WHERE RAGS BECOME PAPER http://www.gutenberg.org/files/28569/28569-h/28569-h.htm

Com o lançamento do novo Nook (Barnes & Noble), é inevitável – ao menos para mim – não pensar, com certo receio, na perda de autonomia que as editoras vêm enfrentando diante do mundo digital. Celebrações e receios à parte, podemos reduzir as perspectivas da área a duas: empresas ligadas à cadeia produtiva do livro … Ler mais