Uma experiência digital

Desde que comecei a editar livros, há quase 4 anos, sempre tive o interesse e a vontade de fazê-los de maneira impressa e digital. Mas o livro digital, ainda hoje, é mal visto. Em grande parte, principalmente, pelos próprios autores, que continuam a enxergá-lo como algo “inferior” ao livro impresso. Em 2014, quando comecei a … Ler mais

Publicações digitais independentes e as relações na era tecnológica

ideia

Se tem algo que eu simplesmente amo na internet é seu poder transformador. É impressionante o quanto a tecnologia tornou propício o compartilhamento do conhecimento, e eu acho particularmente lindo o fato da própria internet ter nascido de conhecimento compartilhado. Mas, tentando não me prolongar na face filosófica da internet e focar no propósito deste … Ler mais

Play Livros, Cardboard, integração e possibilidades educacionais

Direto ao ponto: hoje tratarei aqui do ecossistema (ainda não totalmente unificado) do Google, iniciando o papo com alguns recursos pouco explorados (no entanto, presentes) e terminando nas possibilidades educacionais (reais) do Cardboard. Todos sabemos que trata-se de uma empresa de tecnologia conhecida, principalmente pelos produtos que disponibiliza em troca dos dados do usuário, utilizando-se, … Ler mais

Life is Strange e Narrativa Embutida Interativa

Recentemente eu joguei uma história que ficou na minha cabeça. Era sobre uma garota que se achava egoísta, mas que, no final das contas, escolheu fazer um grande sacrifício. Não, talvez uma definição melhor fosse: Eu joguei uma história sobre uma garota que aprendia a aceitar o inevitável e seguir em frente. Ou ainda: Uma … Ler mais

Notícias de Guadalajara

Nós estivemos na Feira Internacional de Libro de Guadalajara (FIL) e as notícias que trazemos de lá são muito boas! A começar que o projeto “Pipoca na FIL”, em nome da Suria, foi selecionado pelo MinC para compor uma delegação que representou a bibliodiversidade brasileira. E o mais bacana é que, além de nós, havia … Ler mais

Por que brasileiro não lê e-book?

(ou “Uma humilde resposta sem banda tocando ao fundo à pergunta da Cindy”*) Já ouvi essa pergunta um milhão de vezes. Dentro da faculdade, dentro das empresas e vinda de amigos que investem no digital. E já ouvi meia dúzia de respostas, umas muito boas, outras nem tanto, mas com certeza me ajudaram a formar … Ler mais

Com a Sopa nas mãos

Para um bom início de conversa, é interessante que eu me apresente. Nasci em 1983 e, alguns anos antes, os computadores pessoais chegaram ao mundo e, de uma forma definitiva, mudaram a maneira como pensamos e lidamos com conteúdo. Eu cresci neste mundo recém modificado, onde o físico começou a dar espaço para o que … Ler mais